Colunas


Academias recebem jovens diariamente



Desde as primeiras implantadas na cidade, temos observado a presença constante de adeptos nas academias públicas, ao ar livre. O que tem chamado a atenção é que os ?jovens? da geração prateada tem marcado o ponto com mais frequência que os demais ?jovens?. É! A prática esportiva, o costume de se exercitar, faz tão bem à saúde que as pessoas se tornam mais jovens.

Observando pelas manhãs as pessoas se exercitando na academia da praça São Sebastião, conversei com alguns dos ?fominhas? e a primeira coisa que eles salientaram quando perguntei a idade foi: ?Aqui nós somos jovens perto dos 80?. A prosa seguiu e pude confirmar que ali estavam quatro jovens, visto que, além da boa performance física, o papo era de pessoas bem mais dispostas e animadas com o compromisso pessoal de todo dia.

Antonino ?Baité?, da Cachoeira, é o mais falante e fez questão de destacar seus 81 anos ao contar sua história recuperação depois de estar desenganado em um hospital em Belo Horizonte. ?Aquela época foi feia, mas Deus me salvou?, destaca ele. Já Antônio Engrácio Ma­­dalena, do bairro São Dimas, tem 71 e gosta de demonstrar sua jovialidade. Os mais novos compõem o casal Milton, de 67 anos, e Maria Dias, de 68, ambos também do bairro São Dimas. Além do uso dos aparelhos, eles também fazem caminhadas no entorno da praça.

E fica a reclamação e o pedido dos ?jovens?: ?Aproveita e coloca na matéria que está precisando dar manutenção nos aparelhos?. Essa é uma necessidade citada sempre em nossas matérias e aí está mais um comunicado à Secretaria de Esportes. Fica o exemplo de que, se você não arrumar um tempo para sua atividade física, talvez não consiga se sentir ?jovem? como essa turma. (Amauri Machado).


Escrito por Esporte, no dia 09/11/2018