Cultura


Prestes a completar 26 anos, ACLCL inicia digitalização de seu acervo fotográfico

A Academia de Ciências e Letras pretende criar um site para dar mais visibilidade ao seu acervo histórico


A história da Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafayette tem suas origens, ainda que indiretamente, no Grêmio Literário Na­poleão Reys, fundado em Queluz de Minas, entre as décadas de 20 e 30. A existência do Grêmio foi efêmera, mas o espírito sensível às letras e às artes em geral continuou a mover muitos queluzenses e lafaietenses, que voltaram a tentar se reunir em um sodalício na década de 80. Passados cerca de 70 anos, o professor Alberto Libânio Rodrigues reuniu um grupo de idealistas, como ele, e organizou a Academia de Ciências e Letras de Conselheiro Lafayette (ACLCL).


Uma sessão solene, realizada no Teatro Municipal Placidina de Queirós em 18/09/1993 instalou a ACLCL. O evento integrou a programação oficial das comemorações do 203º aniversário da emancipação política do município. Ao longo dos 25 anos de fundação, a entidade se preocupa com promoções a fim de difundir as ciências, letras e artes, bem como fomentar a leitura e eventos culturais. Nesse percurso, muitos registros fotográficos foram feitos e merecem ser divulgados.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 14/08/2019


Comente esta Notícia