Saúde


Campanha de vacinação contra gripe acontece até o fim de maio

Vacina reduz as complicações e riscos da doença que ataca o sistema respiratório e pode levar a óbito


A 21ª Campanha Nacional de Vacinação Contra Influenza está acontecendo por todo o Brasil, com início previsto para o dia 10 e término em 31 de maio. A proposta tem por objetivo reduzir as complicações, internações e mortalidades decorrentes das infecções pelo diversos vírus da influenza. Além disso, haverá a atualização da situação vacinal das crianças, gestantes e puérperas. A mobilização é promovida pela secretaria municipal da Saúde e pelo Departamento de Vigilância em Saúde/Gerência de Vigilância Epidemiológica/Seção de Imunização. No dia 4 de maio, em Lafaiete e todo o país, será realizada a mobilização nacional de combate ao vírus da “gripe suína”.


A doença

A influenza, mais conhecida como gripe, é uma infecção viral aguda do sistema respiratório, transmitida facilmente em todo o mundo. Uma pessoa pode contrair gripe várias vezes ao longo da vida. Em geral, tem evolução autolimitada, podendo, contudo, apresentar-se de forma grave. Entre seus sintomas estão infecção aguda das vias aéreas, juntamente do quadro febril, com temperaturas maiores ou iguais a 37,8°C. A febre geralmente é mais acentuada em crianças. Os demais sinais e sintomas são habitualmente de aparecimento súbito, como: calafrios, mal-estar, cefaleia, mialgia, dor de garganta, artralgia, prostração, rinorreia e tosse seca. Podem ainda estar presentes: diarreia, vômito, fadiga, rouquidão, hiperemia conjuntival.
Os vírus da influenza são transmitidos facilmente por pessoas infectadas ao tossir ou espirrar. Existem quatro tipos de vírus da influenza: A, B, C e D. O vírus influenza C causa apenas infecções respiratórias brandas, não possui impacto na saúde pública e não está relacionado com epidemias. O vírus influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias. Algumas pessoas, como idosos, crianças novas, gestantes e pessoas com alguma comorbidade possuem um risco maior de desenvolver complicações devido à influenza. A vacinação é considerada a intervenção mais importante na redução do impacto da influenza.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 16/04/2019


Comente esta Notícia