Comunidade


Depois de muitos problemas, rodoviária começa a receber melhorias

Terminal já foi notícia por causa de sujeira, prostituição, tráfico e assalto com gargalo de garrafa; banheiros chegaram a ser fechados


A rodoviária de Lafaiete começa a receber melhorias, como a instalação de cadeiras em fibra de vi­dro e a reforma do prédio onde funcionava o 1º Distrito Policial, que dará lu­gar a uma bem equipada base da Po­lí­cia Mi­litar. As informações foram pas­sa­das à reportagem pelo administrador do terminal rodoviário, Es­ta­nislau Gon­çalves de Assis, que abriu o jogo e disse que, ape­sar dos percalços e das inúmeras di­ficuldades financeiras e sociais, as coisas começam a melhorar no que ele considera ser a “porta de en­trada da cidade”.
Ele explicou que, além das cadeiras, que já foram compradas, a rodoviária deve ganhar pintura nova e uma recauchutagem na parte elétrica. “Estamos fa­zendo o que é possível, dentro da realidade financeira do município, mas uma coisa que nós não admitimos é deixar a rodoviária suja. São 25 lixeiras es­pa­lhadas pelo terminal e a administração pretende adquirir mais para manter o espaço sempre limpo e asseado.
Estanislau observou que um dos gran­­des problemas da rodoviária é a violência que impera durante a noite, com prostituição, venda de drogas, entre outras coisas. Para isso, os banheiros do terminal foram fechados das 23h às 5h, depois de um assalto em abril do ano passado. “Durante o dia, o terminal é um lugar tranquilo, em termos de se­gurança. Mas à noite, após as 23h, isso aqui vira um Deus nos acuda dentro do banheiro. O problema maior é no masculino, mas homens também costumam entrar no feminino”, revelou o administrator na época do ocorrido.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 08/02/2019


Comente esta Notícia