Região tem, pelo menos, uma arma ilegal apreendida por dia



Entre os dias 1° e 27 de janeiro, 33 armas de fogo foram apreendidas nas cidades de que compõem o 31º Batalhão de Polícia Militar:  mais de uma por dia. Ao longo dos anos, o número também cresceu: 11 % entre  2017 e 2018. Para PM, este é um saldo positivo. Conforme dados estatísticos, a arma de fogo é o instrumento mais utilizado na prática de crimes violentos, como o homicídio: “Retirar os armamentos das ruas é contribuir para a redução desse tipo de crime”, pondera.

Em 2017, foram apreendidas 361 e, em 2018, 403. Os números são considerados expressivos pela PM, “pois revelam que temos trabalhado mais e com muita eficiência a cada ano, retirando armas das ruas e das mãos de pessoas sem o devido treinamento e autorização legal para tal”.

Ainda segundo a polícia, de uma forma geral, armas e munições ilegais (calibre permitido ou restrito) não são adquiridas em lojas e empresas autorizadas ao comércio: “O rigor, tanto das legislações quanto das fiscalizações, é elevado, o que coibe, em muito, qualquer venda ilegal”, explica.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 01/02/2019


Veja também



Comente esta Notícia