Região


CSN Mineração é integrante do Mining Hub, primeiro centro de inovação para a indústria mineral do mundo



Inovação na prática, ao vivo, voltada exclusivamente para a indústria da mineração. É o que os participantes do Hub da Mineração (ou Mining Hub) irão desempenhar em um amplo e moderno espaço, situado na unidade da WeWork no bairro Savassi de Belo Horizonte (MG). Essa iniciativa é inédita no mundo, tem o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), a adesão de 18 grandes mineradoras, entre elas a CSN Mineração, além de fornecedores do setor, empreendedores, startups, pesquisadores.

O diretor de Operações da CSN Mineração, Maurício Max, explica que o Hub de Mineração é uma oportunidade para trazer o setor para um novo patamar de inovação e de tecnologia aplicada que refletirá na relação com diversos públicos. "As novas tecnologias devem ser aproveitadas para uma transformação na sociedade como um todo, tornando o nosso negócio ainda mais eficaz e sustentável. Cabe a cada um de nós pensarmos no amanhã. Além disso, o Mining Hub proporcionará uma maior interação entre as pessoas e o desenvolvimento de toda a cadeia produtiva, trazendo ganhos para todo o país", afirma.

 

O engenheiro especialista da CSN Mineração Aysser Laizo explica que o Mining Hub promoverá não somente uma importante revolução no cenário tecnológico da mineração, como também a integração entre as empresas da região. "Com os desafios e soluções compartilhados, a troca de experiências entre os profissionais e a participação de startups de todo o mundo, os problemas tendem a ser solucionados de forma mais rápida e eficaz", afirma.

 

Mesmo que sejam concorrentes em vários mercados, as mineradoras irão atuar em conjunto: "Elas e os demais participantes do projeto desenvolverão as soluções em conjunto e as compartilharão para que todas sejam beneficiadas. O Hub representa mais do que um espaço de inovação. É um novo marco nas relações comerciais e institucionais da mineração brasileira e, também, um diferencial competitivo setorial perante os competidores internacionais", avalia Walter Alvarenga, diretor-presidente do IBRAM.

 

Hub receberá inscrições de propostas até 25 de janeiro

 

O Hub da Mineração foi inaugurado oficialmente no dia 17 de janeiro. No início de dezembro foi divulgado um edital e até o dia 25/01 os empreendedores poderão cadastrar suas propostas. Neste primeiro ciclo, deverão ser acelerados projetos inovadores voltados a cinco áreas de atuação: Segurança (Operacional e SSO ? segurança e saúde ocupacional); Gestão da Água; Fontes de Energia Alternativa; Eficiência Operacional; e Gestão de Resíduos. No período de um ano estão previstos 3 ciclos de aceleração de projetos.

 

Ocupando um andar inteiro da WeWork, inaugurada em novembro de 2018, o Hub da Mineração é executado dentro do WeWork Labs, plataforma de inovação que oferece suporte a startups e a grandes empresas que busquem projetos capazes de transformar os seus setores.

 

O Mining Hub é o primeiro espaço com atuação do WeWork Labs no mundo com foco em um segmento específico, uma iniciativa que surgiu liderada pelas próprias mineradoras e beneficia todos os envolvidos. De um lado, grandes empresas se beneficiam da criatividade e inovação trazidos pelas startups, que, por sua vez, conseguem ter acesso aos principais players do setor e atuar de maneira efetiva na solução de desafios reais.

 

A Neo Ventures é a empresa responsável pela operacionalização do Mining Hub. Ela faz a ponte entre mineradoras e todos os stakeholders envolvidos; desenvolve e executa projetos para grandes empresas, governos e ambientes de inovação, cujos representantes acreditam que as parcerias com startups e centros de tecnologia são diferenciais competitivos para a sobrevivência e a transformação das suas instituições.

  

Conheça o Hub da Mineração

 

Para conhecer um pouco mais sobre a iniciativa acesse o site www.mininghub.com.br.


 


Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 19/01/2019


Comente esta Notícia