Política


Prefeito de Queluzito é reeleito presidente da Amalpa



O prefeito de Queluzito, Célio Pereira de Souza, continua na presidência da Associação da Microrregião do Alto Paraopeba (Amalpa). Na reunião realizada na sede da entidade, na quarta-feira, dia 16, Celinho foi reeleito para a nova gestão por aclamação. Em seu discurso, agradeceu a todos e falou sobre as dificuldades que o país tem enfrentado em relação aos repasses do Governo. "Tenho como meu maior objetivo manter o trabalho que já vem sendo feito, buscando novas oportunidades, principalmente, a geração de empregos para a região", destaca.

O secretário executivo Claudionei Nunes fez um balanço dos serviços realizados pela Amalpa em 2018: "Contamos atualmente, com mais de 294 projetos, consultorias, obras e serviços prestados na engenharia e topografia. Além dos serviços da Defesa Civil, do setor de convênios, maquinário e das coletas para análise de água e solo em uma parceria firmada com o CES-CL", finalizou.

Outros temas e propostas também foram debatidos na reunião entre os prefeitos. Eles analisaram a atual situação em que todos os municípios se encontram, discutiram propostas e traçaram novos planos para solucionar a crise financeira das cidades da região.

Estiveram presentes, os prefeitos de Lafaiete, Mário Marcus, de Moeda, Leonardo Moura, o vice prefeito de Ouro Branco, Celso Roberto,  o secretário de Administração de Casa Grande, José Maurílio. Participaram do encontro também, os presidentes da Câmara de Lafaiete, Washington Fernando Bandeira, de Lamim, Alexandre da Silva Lourenço e de Ouro Branco, Leandro Marcelo.

Mesa diretora

Presidente - Célio Pereira de Souza

1º vice-presidente ? Hélio Márcio Campos -  Ouro Branco.

2º vice-presidente ? Mário Marcus Leão Dutra -  Conselheiro Lafaiete.

Conselho Fiscal Efetivo:

1) Elias Ribeiro de Souza -  São Brás do Suaçuí.

2) Luiz Otávio Gonçalves - Casa Grande.

Conselho Fiscal Suplente:

Leonardo Augusto Moura -  Moeda.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 18/01/2019


Veja também



Comente esta Notícia