Comunidade


Entre agulhas e tecidos, dona Sininha faz do bordado uma aula de ajuda ao próximo



Lafaiete possui uma relação muito próxima com o artesanato. Além da tradicional feira que acontece uma vez por mês na Praça Tiradentes, recentemente foi reinaugurada a Casa do Artesanato, responsável por ensinar, abrigar, apoiar e expor trabalhos de artesãos anônimos. Além disso, vez por outra, são descobertas iniciativas pioneiras em vários cantos da cidade. Um exemplo disso é o trabalho da moradora do bairro Santa Efigênia (zona Norte), a bordadeira Afonsina da Cunha Souza, a dona Sininha, de 82 anos (foto).


Ela possui uma escola de bordado em casa e ao longo do tempo já atendeu mais de 800 alunas e realizou um trabalho histórico que chegou, inclusive, às mãos do Papa João Paulo II.







Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 12/01/2019


Veja também



Comente esta Notícia