Comunidade


Funcionário público salva-vida de criança enquanto trabalhava vestido de Papai Noel



Os super-heróis dos cinemas, dos quadrinhos, geralmente usam capas, máscaras ou até a cueca por cima das calças, mas às vésperas de Natal, em Lafaiete, apareceu um herói fora do convencional. Ele usava gorro, camisa e calça vermelhos e ainda tinha o rosto escondido atrás de uma barba branca. Márcio José Baeta, de 49 anos, salvou a vida de uma criança enquanto estava vestido de Papai Noel, no Parquinho da Matos, no centro da cidade.

Funcionário da Secretaria de Saúde, Márcio José Baeta aproveitou o recesso da Prefeitura para prestar um serviço extra no fim de ano, quando, na noite de 21 de dezembro, ao distribuir balas e tirar fotos ao lado de crianças, Márcio percebeu o desespero de uma mãe. Ela visitava a cidade e um dos meninos de aproximadamente 4 anos, começou a passar mal. O Papai Noel correu em direção à criança para prestar os primeiros socorros: "A mãe ficou desesperada porque a criança sofreu uma parada cardíaca e começou a ficar cianótica, com as extremidades roxas e não estava respirando", conta.

No primeiro momento, o Papai Noel que é enfermeiro, ao observar os sintomas da criança, teve a suspeita de se tratar de um engasgo, mas quando o menino começou a se movimentar, Már­cio sentiu a necessidade de realizar uma massagem cardiorrespiratória. O Serviço de Aten­di­mento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado logo em seguida. A vítima desenvolveu convulsões que, de acordo com o relato de Márcio, se tratavam de uma crise epilética. Assim que a unidade do Samu chegou ao local, cerca de dez minutos depois, a criança já havia se acalmado e foi conduzida ao Hospital São Vicente.





Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 05/01/2019


Comente esta Notícia