Comunidade


Sem acordo, comércio de Lafaiete não abrirá no feriado municipal de sábado, dia 8



Após anos de portas abertas no feriado da padroeira, o comércio de Lafaiete não funcionará no dia 8 de dezembro. Conforme noticiado com exclusividade na edição anterior do Jornal CORREIO, um impasse entre o Sindicato dos Empregados no Comércio e o Sindicato do Comércio Varejista de Conselheiro Lafaiete (Sindcomércio) deixou a decisão para o apagar das luzes. O assunto também foi tema de uma intensa polêmica em 2017, quando, em um áudio que circulou pelo WhatsApp, o pároco da Matriz de Nossa Senhora da Conceição, chegou a amaldiçoar os comerciantes que abrissem suas empresas no dia dedicado à Santa.

Em uma nota enviada à imprensa, o presidente do Sindicomércio, Bento José de Oliveira, informou que, até o momento [tarde de quinta-feira, dia 6], ainda não havia sido possível celebrar a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT- 2018/19) com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Conselheiro Lafaiete. ?Por este motivo, não está autorizada a convocação dos funcionários para o trabalho no dia 08/12, feriado municipal, e consequentemente o comércio não funcionará?, explica.

A entidade esclarece que a negociação desta CCT foi iniciada em março desse ano e que foram realizadas várias reuniões e inúmeras tentativas para o fechamento da Convenção pelo Sindcomércio-CL. ?Contudo, após alguns avanços, a exigência do presidente do Sindicato dos empregados, de inclusão de cláusula de contribuição à entidade profissional, que traz riscos jurídicos para as empresas, gerou um impasse?, acrescentou.

Também em nota, o Sindcomércio colocou-se à disposição e informou que, se demandado, realizará nova reunião para esclarecimentos. ?Reiteramos a importância da atenção e cuidado quanto ao respeito à legislação trabalhista, especialmente, na utilização do Horário de Natal?, finaliza.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 06/12/2018


Comente esta Notícia