Saúde


Inca estima mais de seis mil novos casos de câncer de próstata em Minas Gerais



Tradicionalmente, o mês de novembro marca a valorização da promoção da saúde do homem. Para o ano de 2018, o Instituto Nacional do Câncer (Inca) estima a ocorrência de 6.730 novos casos de câncer de próstata na população masculina de Minas Gerais, com a taxa bruta estimada de incidência de 63,80 casos novos por 100 mil homens mineiros. Em 2017, o câncer de próstata foi responsável por 1.554 mortes (12,2% do total de neoplasias do sexo masculino), com uma taxa bruta de 12,99 óbitos por 100 mil homens mineiros.

Segundo a diretora de Políticas de Atenção Primária à Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), Mayla de Souza, o Inca aponta o envelhecimento e fatores genéticos como principais causas para o risco do câncer da próstata.

"O avanço da idade é um fator de risco bem estabelecido, visto que tanto a incidência, como a mortalidade aumentam após os 50 anos de idade. O histórico familiar apresenta associação para aumento no risco, quando verificada ocorrência dessa em grau de parentesco mais próximo, como pais, irmãos ou filhos", esclarece.

Tendo isso em vista, a diretora salienta ser preciso explicar à população sobre a doença, sobretudo ao grupo que está em maior risco. "A ênfase deve ser dada no reconhecimento dos principais sinais de alerta, para que se procure o atendimento nos serviços de saúde em tempo oportuno", observa Mayla.  

A Atenção Primária é a principal porta de entrada na Rede de Atenção à Saúde, sendo as unidades básicas de saúde (UBSs) o serviço mais próximo desses cidadãos, atuando como coordenadoras do cuidado e ordenadoras das ações e serviços disponibilizados na rede.

De olho na saúde

Novembro não é marcado apenas como o mês em que se deve reforçar os cuidados em relação ao câncer da próstata, mas é também um bom momento para mobilizar as atenções sobre os cuidados referentes à saúde do homem, de maneira global.

O Ministério da Saúde está em andamento com a revisão da Política Nacional de Atenção Integral à Saúde do Homem, de modo a considerar a pluralidade e a diversidade masculina do ser homem. "Desse modo, o Ministério propõe como tema de sua campanha 'homens como sujeitos do cuidado', ampliando o olhar para os ciclos de vida, promoção e prevenção em saúde", comenta Mayla.

Já a SES-MG, dentro dessa linha de abordagem, promoverá suas ações com o slogan "Cuide da sua saúde. Nessa história, você é o personagem principal". A campanha será realizada nas redes sociais, com uma série de posts informativos, um panfleto digital que será disponibilizado no site www.saude.mg.gov.br/saudedohomem.

Fonte e arte: Agência Minas



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 08/11/2018


Comente esta Notícia