Comunidade


Mais de 4,8 mil candidatos fazem o Enem neste domingo



Mais de 5,5 milhões de candidatos do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) farão as provas nos dias 4 e 11 de novembro. Em Lafaiete, serão 4.862 pessoas, distribuídas em oito escolas ou faculdades da cidade: as estaduais Monsenhor Horta, Narciso de Queirós e Luiz de Melo Viana Sobrinho, a municipal Doriol Beato, Colégio Potência, Estec, FDCL e CES. Todos os inscritos devem ter atenção especial a alguns detalhes, para evitar dores de cabeça na hora da prova. Um deles é o horário de verão. Em 2018, o primeiro dia do horário de verão coincide com o primeiro dia de provas do Enem. Nos anos anteriores, os relógios foram adiantados em 1h uma semana antes do exame, o que deixava tempo para os estudantes se acostumarem à mudança. Agora, além de terem que se manter atentos para não perderem a hora da prova, vão precisar conviver com alguns efeitos da adaptação do seu relógio biológico.

Para evitar que a alteração do relógio afete tanto a pontualidade quanto o desempenho, o ideal é que o estudante vá dormir uma hora antes no sábado, 3 de novembro, para não sentir muita diferença com a "hora a menos" durante a noite. A alimentação também deve ser pensada com cuidado. Para o lanche, o correto é optar por coisas leves, como frutas e barras de cereais. Uma refeição muito pesada ou gordurosa faz com que o aparelho digestivo necessite de mais esforço para fazer a digestão. Isso tira a concentração da pessoa e dá sono, porque o sangue que deveria ir para o cérebro vai para o intestino. Chocolates e outros doces só são recomendados em quantidade muito pequena. É preciso se hidratar com água, especialmente se estiver em uma sala quente.

Sobre a prova


Para fazer a prova, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta e fabricada em material transparente e documento oficial de identificação original com foto. Para não ter problemas, leve mais de uma caneta. No primeiro dia, serão aplicadas as provas de linguagens, ciências humanas e redação. São 5h30 de duração. No segundo dia é a vez de ciências da natureza, que compreende as disciplinas de química, física e biologia, além de matemática. São 5h horas de duração. Cada prova objetiva tem 45 questões. São, portanto, 180 questões de múltipla escolha no total. A redação deve ter o mínimo sete e no máximo 30 linhas.

 

A redação é um texto em prosa, do tipo dissertativo-argumentativo, segundo a Cartilha do Participante do Enem 2018. São cobradas cinco competências, que recebem pontuação de 0 a 200. São elas: domínio da norma da modalidade escrita formal; compreensão da proposta de redação; organização, interpretação de fatos e argumentos em defesa de um ponto de vista; demonstração de conhecimentos dos mecanismos linguísticos; e elaboração de proposta de intervenção. Os temas são sempre sobre assuntos de "ordem social, científica, cultural ou política", de acordo com a cartilha. No ano passado, os candidatos tiveram de escrever sobre os "Desafios para a formação educacional de surdos no Brasil".

 

4 coisas que você não deve fazer no dia da prova do Enem

 

1. Não sair de casa em cima da hora. No caminho para o local de provas tudo pode acontecer, como um pneu furar ou um congestionamento. O fechamento dos portões é pontual, às 13h, e não é permitida a entrada de atrasados.


2. Não esquecer o documento de identidade. O documento de identificação oficial e com foto é o único que permite aos estudantes ingressar na sala de provas. Em caso de roubo ou extravio, leve o Boletim de Ocorrência.


3. Não levar objetos proibidos para as provas. Todo e qualquer objeto eletrônico é proibido durante as provas, exceto aqueles cujo uso tenha sido solicitado por pessoas com deficiências, como aparelhos auditivos, por exemplo. Não é permitido também usar óculos escuros ou levar lápis, lapiseira, borracha, caneta com material não transparente, livros, anotações e impressos gerais. O celular pode até permanecer com o estudante, mas precisa estar desligado e dentro de uma embalagem própria fornecida pelo fiscal de sala.


4. Não rasurar o cartão de respostas. Tenha certeza das opções antes de marcar, pois qualquer rasura ou marcação dupla pode ocasionar a anulação da resposta.




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 03/11/2018


Comente esta Notícia