Polícia


Operação Rapina: PM cumpre mandados e prende quadrilha de tráfico de drogas



O 31º Batalhão da Polícia Militar por meio de sua 73ª Cia, em Congonhas, desencadeou nesta quarta-feira, 31 de outubro, uma megaoperação. Foram cumpridos 15 mandados de busca e apreensão e mandados de prisões expedidos para serem executados nas cidades de Jeceaba, Congonhas e Conselheiro Lafaiete.

Para desencadear a operação, todo o efetivo foi reunido às 5h da madrugada, no auditório do 31º BPM em Lafaiete.  Após receber instruções do comandante da 73ª Cia PM, major Tavares e do comandante do 31º BPM, tenente coronel Rocha, as equipes iniciaram os trabalhos.

Ao todo foram utilizadas 25 viaturas caracterizadas, quatro viaturas do Serviço de Inteligência e um helicóptero, totalizando mais de 80 policiais.

Operação Rapina

A operação Rapina foi iniciada em julho de 2018 e teve como principais atores o Ministério Púbico e a Polícia Militar de Minas Gerais. Após levantamentos de informações foram identificadas a existência de uma quadrilha de tráfico de drogas em Congonhas.

 Após as primeiras operações os líderes da quadrilha,  integrantes de uma mesma família, foram presos pela Polícia Militar, em um total de cinco pessoas e dezenas de quilos de drogas (maconha e cocaína). A partir destas prisões e apreensões uma longa e eficiente investigação conjunta foi iniciada para se identificar os demais integrantes  chegando a operação de hoje.

Ao final das investigações foram identificados outros 15 envolvidos.  Após todos os trâmites necessários, o Poder Judiciário emitiu à Polícia Militar mandados de busca e apreensão, além de mandados de prisões direcionados a cada indivíduo devidamente identificado e integrante da quadrilha.

No decorrer da operação dessa manhã foram localizados e presos um total de 14 envolvidos, além de materiais para a embalagem de drogas (maconha), 02 veículos 04 rodas, 01 veículo 02 rodas, 02 Notebooks e animais silvestres.


O êxito no cumprimento dos mandados ocorreu em todas as cidades citadas (Jeceaba, Congonhas e Conselheiro Lafaiete) e além de produzir um enorme resultado no desmantelamento da quadrilha ainda culminou com a prisão de alvo/autor (tráfico de drogas) em Conselheiro Lafaiete há tempos monitorado pelo 31º BPM.

O comandante do 31º BPM, tenente coronel Fabiano Rocha dos Santos, que participou de toda a operação, afirma que as ações desencadeadas tanto pelo Ministério Público, quanto pela Polícia Militar atestam o elevado nível de integração e respeito entre as instituições envolvidas, da mesma maneira atestam o quanto cada segmento do Estado tem se imbuído de seu compromisso com a sociedade e o dever de trabalhar por e para ela. Complementa ainda afirmando que o 31º BPM continuará ininterruptamente trabalhando em prol dos cidadãos lafaietenses e todos os demais cidadãos da região ? 24 cidades ? de modo à diariamente contribuir para que nossas cidades sejam cada vez melhores e mais seguras para se viver.


Texto e fotos: Assessoria do 31ºBPM




Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Redação, no dia 31/10/2018


Comente esta Notícia