Arquivo


Com mil lâmpadas queimadas, PMCL dá ultimato e cobra serviços do Casip



O prefeito de Lafaiete, Mário Marcus Leão Dutra (DEM), deu um ultimato de sete dias à empresa Quark para solucionar os problemas de iluminação pública. Caso contrário, Lafaiete pode abandonar o Consórcio de Administração dos Serviços de Ilumi­na­ção Pública (Casip). Em Assembleia Geral Ex­traordinária, realizada na quarta-feira, dia 16, uma das principais pautas foi o processo administrativo movido pelo munícipio contra a forma de repasse em relação à prestação de serviços. Nele, o município busca adequações para não ter que migrar para outro consórcio. Proposta em negociação reduz custo de R$101 mil para cerca de R$ 65 mil e o prazo para bater o martelo se encerra no dia 24.

Leia a matéria completa na edição impressa, que estará nas bancas a partir deste sábado, dia 19 de agosto



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Rafaela Melo, no dia 18/08/2017


Comente esta Notícia