Quarta, 08 de Julho de 2020
Coluna MG - Sindijori


COLUNA MG: Rede de Notícias do Sindijori MG 30/06



Mariana conquista melhor pontuação

Mariana conquistou, novamente, a melhor pontuação provisória do ICMS Patrimônio Cultural - Exercício 2021. O resultado foi divulgado no site do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG). A cidade bateu a marca de 65,65 pontos na avaliação. A liderança pode render recursos financeiros ao município, para que sejam aplicados em políticas públicas de preservação do patrimônio histórico-cultural. A cidade de Ouro Preto, que tem um patrimônio histórico relacionado ao de Mariana e também é uma grande atração turística na região, alcançou o 9º lugar no ranking com 24,75 pontos - à frente de Barão de Cocais com 24,18 pontos. (Portal da Cidade- Mariana)

 

54% dos MEIs têm débitos tributários

Em tempos de pandemia, manter as contas em dia tem sido cada vez mais difícil para os empresários e comerciantes de Uberlândia. Quando falamos dos prestadores de serviços que se enquadram na categoria de Microempreendedores Individual (MEI) a situação não é diferente quanto aos pagamentos de impostos e tributos. Uberlândia tem hoje 3.892 MEIs cadastrados e, de acordo com a delegacia da Receita Federal na cidade, aproximadamente 2,1 mil possuem algum tipo de inadimplência tributária, ou seja, 54% possuem débitos pendentes. (Diário de Uberlândia)

 

SL entre as com maior evolução

Enquanto algumas cidades e estados planejam a retomada da economia, outros se ajustam para dar um passo atrás e tentam manter as pessoas em casa. O Fantástico deste domingo traz uma reportagem mostrando esse recuo de alguns municípios. Para ajudar você a entender a situação, selecionamos a evolução de casos acumulados nos municípios com mais de 100 mil habitantes no país nos últimos 14 dias - com dados do Ministério da Saúde de 14 de junho até o último sábado, 27. Sete Lagoas aparece em 6º lugar com aumento de 315,56%.

 

Valadares ganha túneis de sanitização

Governador Valadares alcançou o triste número de 47 mortes provocadas por complicações da Covid-19. É diante deste cenário que a cidade ganhou, na manhã desta segunda-feira, 29, a instalação de diversas barreiras sanitárias e túneis de sanitização nos locais com grande circulação de pessoas. As medidas de combate à propagação do novo coronavírus fazem parte do Plano de Contingência do município, e foram mencionadas pela prefeitura, pela primeira vez, no dia 22 de maio, em uma coletiva de imprensa. E nesta segunda-feira, 29, o projeto foi colocado em prática, e 30 túneis de sanitização foram colocados em diferentes pontos da cidade. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

 

Aumento de 712,82% é registrado

Em trinta dias, João Monlevade registrou grande aumento nos casos de coronavírus. Conforme levantamento feito pelo Jornal A Notícia, entre os dias 25 de maio e 25 de junho, houve um salto de 39 para 278 casos confirmados de Covid-19, o que significa um aumento de 712,82% nos registros positivos da doença. Por outro lado, houve grande número de pessoas também curadas. O número de recuperados saltou de 28 pessoas em 25 de maio para 210 recuperados na última quinta-feira, 25, inclusive um paciente que estava no CTI, o que representa um aumento de 750%. (Jornal A Notícia Regional- João Monlevade)

 

Instituto inaugura espaço

O Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros inaugurou o espaço da cultura popular “Candido Canela”, em evento que também empossou novos associados. Neste mês de junho, mês das festas juninas, estamos homenageando o maior trovador montes-clarense, o poeta popular Cândido Canela. No Instituto Histórico e Geográfico de Montes Claros o poeta Cândido Canela é patrono da Cadeira 21, ocupada pela ilustre confreira Terezinha Gomes Pires. Durante o evento de inauguração foi descerrado o retrato do poeta pelo seu amigo e grande admirador o cantador de viola Téo Azevedo. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

 

Centro de Atendimento é criado

Já está funcionando em Rio Pardo de Minas um Centro de Atendimento exclusivo para pacientes com suspeitas de infecção por coronavírus. A iniciativa da Secretaria de saúde visa desafogar o Hospital e agilizar os atendimentos, além de proporcionar maior segurança aos usuários. Para isso, o PSF Cidade Alta foi devidamente adaptado para a montagem do serviço emergencial. “São seis leitos, sendo quatro para adultos e dois infantis”, explica a secretária Sheila Gomes. O Centro de Atendimento, ao lado do hospital local, funciona 24 por dia, disponibilizando médico, três enfermeiros, quatro técnicos de enfermagem e dois auxiliares de serviços gerais. (Jornal Folha Regional- Taiobeiras) 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Coluna MG - Sindijori, no dia 30/06/2020

Coluna MG: Rede de Notícias do Sindijori Minas Gerais


Coluna MG: Rede de Notícias do Sindijori Minas Gerais



Comente esta Coluna