Nayara Costa


Em tempos de fake news, nem todas as informações a respeito de imunidade vão proteger a sua saúde



Você já percebeu como todos os dias estamos sendo “bombardeados” com notícias sobre a Covid-19, o novo Coronavírus? Em meio a tanta informação, chegam as famosas Fake News sobre dados do avanço da doença e até mesmo “receitas milagrosas” que dizem evitar o vírus. Isso acaba fazendo com que muita gente inocente acabe caindo nessas mensagens, em sua maioria disseminadas por aproveitadores que só querem tirar vantagem às custas de nossa saúde. No texto de hoje vamos conversar um pouco mais sobre as Fake News e como podemos parar estas mentiras, assim como os meios corretos de prevenção à Covid-19.

Com certeza você já escutou algo sobre a vitamina C ser capaz de parar o vírus, ou até mesmo sobre o gargarejo com água quente e sal matar o vírus que está alojado na garganta, causando a tosse. Indo mais longe ainda, você já deve ter visto na internet medicamentos que protegem a sua imunidade contra a Covid-19.  Mas antes de sair desorientado nas farmácias para encomendar estes medicamentos, tenham calma e procure a opinião de especialistas.

Muito pouco se sabe, até o momento, sobre os meios de conter o Coronavírus. Não há uma vacina eficaz e muito menos medicamentos. Os primeiros testes ainda estão sendo feitos, mas sem nenhum grande avanço.

Existem sim produtos que podem ajudar a te dar um certo aumento no seu sistema imunológico, mas nenhum em específico combate o novo Coronavírus. O que podemos fazer é nos alimentarmos de maneira saudável, praticar exercícios mesmo de casa, ter uma boa noite de sono, entre outras medidas que contribuem positivamente para a nossa imunidade.

Agora, se você realmente busca por um ativo que ajude, procure um médico da área para te orientar em quais medicamentos e dosagens serão ideais para você. Dê preferência para ativos naturais e JAMAIS se automedique.

 

Afinal, quais são os meios de prevenção a Covid-19?

Sabemos que o vírus demora cerca de 14 dias para manifestar os principais sintomas (febre e tosse seca) e que ele está presente em gotículas de saliva que saem da pessoa infectada ao tossir, espirrar ou simplesmente falar. Desse modo, a medida mais eficaz de prevenção é redobrar a nossa higiene.

Devemos lavar muito bem as mãos e os braços com água corrente e sabão, o álcool gel ajuda a matar não somente a Covid-19, mas também outros tipos de vírus e bactérias. Mas lembre-se que só serve se for entre 60 e 70%, já é comprovado que as demais porcentagens não protegem.

Outros meios de prevenção estão ligados aos nossos hábitos rotineiros que devem ser modificados, tais como: ao chegar em casa, retirar as roupas e colocá-las direto para lavar, deixar os sapatos do lado de fora e redobrar a limpeza da casa.

Além disso, outra medida de prevenção extrema que foi muito eficaz na China (berço da Covid-19) e que está sendo implementada na Itália, é o isolamento social ou a quarentena, como estamos escutando nos noticiários. Isso porque o isolamento é a única forma de cortar a transmissão rápida do vírus para mais e mais pessoas.

 

Como combater as fake news?

Primeiramente, recebeu pelo whatsapp uma receita para proteger a imunidade? Imediatamente procure por segundas opiniões sobre a informação e use a internet como sua aliada: pesquise em diferentes sites (preferência para os de grandes acessos nacionais) e veja a opinião de mais pessoas. Ainda assim ficou na dúvida? Consulte um especialista.

Lembre-se: se a notícia ou informação parecer ser falsa, não repasse para frente, essa é a principal forma de conter as desinformações. O Ministério da Saúde disponibiliza um canal de atendimentos via WhatsApp para que você possa enviar dúvidas acerca das informações que recebe, lá eles têm um time de profissionais que checam 24 horas se as informações são verdadeiras ou falsas; o número é (61)99289-4640.

 

Espero que tenham gostado do texto.

Lembrem-se: sua saúde vale mais que tudo!

Fiquem em casa!

Até a próxima!



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Nayara Costa, no dia 25/03/2020

Nayara Carvalho Costa Matos


Farmacêutica Pós graduada em Farmácia Magistral


atendimentofreitas@yahoo.com.br
37695566



Comente esta Coluna