Graziele Mendes


Aprenda 11 truques para manter uma alimentação saudável



“Você é o que você come”. Provavelmente já ouviu essa frase totalmente verídica, visto que os alimentos fornecem ao organismo aquilo que contém, sendo assim uma refeição rica em nutrientes proporciona vitaminas, minerais e substâncias que contribuem para saúde, além de uma estética favorável. Por outro lado, alimentos ricos em gordura, sódio e açúcar refletem em uma baixa autoestima já que contribuem para o aparecimento de estrias, celulites e acne e geram sobrepeso/obesidade, consequentemente contribuindo para o aparecimento ou agravamento de doenças como diabetes, hipertensão, hipercolesterolemia, e até mesmo alguns tipos de câncer.

O grande segredo para manter saúde e um corpo desejável está na seleção do cardápio, de modo que supra as necessidades de nutrientes e não prejudique o desenvolvimento de massa muscular. Para isso é necessário realizar exercícios físicos e obter uma alimentação saudável.

 

1) Faça do alimento um prazer, coma devagar e mastigue bem. Assim vai estar estimulando a saciedade e auxiliando a digestão.

2) Leia sempre o rótulo atentamente. Na escolha entre alimentos de diversas marcas opte por aqueles com menor teor de sódio, gordura total, gordura saturada, açúcares e isento de gorduras trans. Os alimentos integrais devem conter como primeiro ingrediente farinha de trigo integral, caso seja o segundo ingrediente listado o produto é semi-integral.

3) Dê preferência a carboidratos integrais, eles contêm mais nutrientes e fibras.

4) Evite alimentos gordurosos, frituras, açucarados, bebidas alcoólicas, refrigerantes, sucos em pó ou industrializados. Evite embutidos como linguiça, hambúrguer de carne, mortadela, etc.

5) Opte por alimentos cozidos, assados ou grelhados. No caso de carnes, prefira cortes magros e brancos; retire a pele do peixe e dos frangos, antes da cocção, visto que se retirado após a gordura incorpora no alimento

4) Tenha uma refeição em geral bem colorida. Cada cor tem uma função no nosso organismo, portanto quando mais cor mais nutrientes.

5) Não faça ingestão de líquidos durante grandes refeições. Tome 30 minutos antes ou depois. Quando o liquido é ingerido junto ao almoço e jantar o bolo alimentar é aumentando sendo assim o estômago e distende e cabe mais comida, além disso o esvaziamento gástrico é mais rápido, ou seja sentimos fome mais cedo. Outro fator desfavorável é que o liquido ajuda a “empurrar” a comida e assim a mastigação é menor. Por fim algumas bebidas proporcionam alto valor calórico, causando aumento de calorias

6) Após as grandes refeições (almoço e jantar) faça ingestão de fruta acida auxiliando a absorção de ferro. Guarde essa frase: Pra terminar a refeição em beleza, a fruta é a melhor sobremesa. Quando consumimos algum alimento que contem leite, como doces, queijo, iogurte a absorção de ferro diminui.

7) Prepare marmitas para todas as refeições que você planeja fazer durante o dia, auxiliando a manter o foco

8) Não abasteça a sua geladeira com refrigerantes, chocolates ou alimentos congelados. Consumimos o que temos em casa

9) Atenção a ingestão hídrica. Para saber a quantidade ideal, basta multiplicar seu peso por 30

10) Elimine as beliscadas de sua rotina, mantenha uma alimentação fracionada, rica em frutas da estação e acrescente cereais nas refeições agregando valor nutricional

11) pratique atividade física

 



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Graziele Mendes, no dia 23/03/2020

Graziele das Graças T. Mendes


Nutricionista pós-graduada em Nutrição Clínica e Esportiva

grazielemendes6@gmail.com
(31) 98490-5179
(31) 99880-2324



Comente esta Coluna