Frei Tibúrcio


Confira na coluna Frei Tibúrcio desta semana



Falta educação
É deveras preocupante a quantidade de saquinhos de leite de soja que são jogados nas ruas, principalmente no prolongamento da Marechal Floriano e na Jurupis, ambas no bairro Carijós. É que no local funciona a simpática “Vaquinha Mecânica”, que produz e distribui o tradicional e saudável leitinho de soja para escolas, postos de saúde e creches municipais. Ocorre que, por causa da crise econômica e social, muitas pessoas vão até a sede da Vaquinha, perto do mercado do produtor, pedir o indispensável leitinho, que, aliás, possui vários sabores.

Que coisa
Depois de ganhar o pacotinho, a moçada bebe o leite, e aí começa a falta de educação: o plástico é jogado, sem dó e piedade, nas ruas, passeios e terrenos vazios, numa verdadeira agressão à boa educação e ao meio ambiente. Os plásticos demoram mais de 400 anos para se decomporem e são como a morte para a natureza.

Horrível
De duas, uma: ou a secretaria municipal de Desenvolvimento Social aborta a distribuição de saquinhos plásticos na “Vaquinha Mecânica”, ou cria uma outra política de distribuição, estabelecendo critérios para entregar o leitinho de soja a quem precisa. Do jeito que está, não pode continuar, já que voluntários e a própria Localix, gastam ho­ras, trabalho e muito esforço para catar aqueles saquinhos das ruas. Com a palavra a secretária Magna Cupertino.


Chega junto
A gloriosa Polícia Militar precisa voltar a agir contra as terríveis, endiabradas e barulhentas motocas. O pico dessas possantes acontece no finzinho da tarde, no alto da avenida Telésforo, perto da padaria Divino Pão. Naquele local, os motores e os escapamentos chegam ao máximo, deixando irritado e boquiaberto até mes­mo o mais indiferente dos jacarés. Se os tiras quiserem fazer uma limpa, fazem na boa, já que a maioria é de entregadores de alguma coisa e os pilotos andam sempre com um “caixote” nas costas. Ajuda nós ai, PM!

Abafadores
É por essas e também por outras, que muitos trabalhadores de comércios na avenida estão pensando em ir para a labuta com abafadores nos ouvidos. É a única saída deles neste momento. Vade retro motos barulhentas indecorosas!

Estalos
A organização da Exposição Nacional Campolina Marchador, que acontece de 6 a 12 de outubro, no parque de exposições Presidente Tancredo Neves, no bairro Santa Matilde, agradece, de público, o prefeito Mário Furação Marcos e sua equipe, além de patrocinadores, expositores e colaboradores pelo empenho e zelo para que o evento se concretizasse. É, sem dúvida, a maior estrutura já montada no parque e considerada uma das maiores do Brasil, em volume e qualidade dos animais expostos. Um sucesso para Lafaiete e região. A coluna solta um foguete de mil estalos para os organizadores. Valeu, gente!



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 07/10/2019

Frei Tibúrcio


-


Comente esta Coluna