Frei Tibúrcio


Confira no Frei Tibúrcio: Maternidade terá CTI Cardiológico



Definido
O alcaide Mário Furacão Marcus (DEM) confirmou para uma fonte da coluna que é pré-candidato à reeleição no arranca-rabo do próximo ano. Segundo consta, Furacão quer manter a meta de inaugurar pelo menos uma obra por semana, na média, até meados de 2020 e, assim, poder concluir com tranquilidade o seu primeiro mandato. O segundo, de acordo com ele, depende da vontade do povo.

Mais um CTI
Um moderno CTI Cardiológico, especializado em cirurgias e doenças do coração, está sendo construído na parte de cima do Hospital e Maternidade São José (HMSJ), com capacidade para 10 leitos. São pelo menos 250 metros de área construída com investimentos da ordem de R$1 milhão de reais. A obra deve tirar a Maternidade do “buraco” e transformá-la no sonhado hospital de alta complexidade, facilitando o acesso ao tratamento cardiovascular, que é feito somente em Belo Horizonte. Para se ter uma ideia, se uma pessoa enfartar hoje em Lafaiete, ela tem de ser socorrida na capital, podendo vir a óbito na viagem. Com o CTI, esse procedimento poderá ser feito em Lafá. Oremos!

Cardiológico
A obra no HMSJ é uma parceria do nosocômio com o cardiologista Emerson Leão, que já atende no hospital, e deve ficar pronta em dezembro ou janeiro de 2020. Na próxima edição, o Jornal CORREIO dará mais detalhes do empreendimento, que vai colocar nosso hospital num outro patamar. É vero!

João Miguel
O caso do garotinho João Miguel, juntamente com a campanha que mobilizou toda a cidade e região, tinha tudo para transformar Lafaiete na cidade da filantropia e da solidariedade, numa referência para Minas, o Brasil e, quiçá, o mundo. No entanto, por causa de um ganancioso e irresponsável, tudo pode se perder. É uma pena!

Exemplo

Nossa cidade acaba de dar um exemplo para Minas e região, ao firmar um convênio com a Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (Apac), que funciona na região da Linhazinha, na antiga sede da Associação Cristã de Moços (ACM). Cerca de 20 recuperandos começam a trabalhar no início de agosto, limpando ruas, praças e reformando prédios públicos. Além do salário a ser recebido, a cada três dias trabalhados, o recuperando diminui um dia em sua pena. Um espetáculo de notícia.



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 02/08/2019

Frei Tibúrcio


-


Comente esta Coluna