Frei Tibúrcio


Frei 1482/2019



Agora vai
Em entrevista ao Jornal CORREIO e CORREIO Online na manhã de quinta-feira, dia 11, o comandante do 31º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Fabiano Rocha, garantiu em alto e bom som que as motos barulhentas são uma das prioridades da gloriosa PM. Por conta disso, o combate a esse problema crônico não tem hora nem local para acabar. A meta, segundo ele, é pôr fim a esse incômodo que estressa e deixa a população irritada. Oremos!

Que coisa
Essas feiras de couro que, vira e mexe, estão a buscar, em todos os cantinhos, os consumidores de Lafaiete, têm por único objetivo levar o dinheiro arrecadado aqui para outras praças, deixando para os incautos lafaietenses apenas o rastro de onde ficaram e só - mais nada. Por conta disso, é que a coluna chama a atenção para a importância de valorizar nosso comércio. Eesse sim, que mantém o dinheiro aqui e, principalmente, gera divisas, através dos impostos e empregos, muitos empregos.


Vade retro!
Para quem defende esse tipo de comércio alternativo, vai aí uma dica: nossa cidade, por causa disso, está perdendo mensalmente dezenas de postos de trabalho. Isso faz com que a economia desça a ladeira e praticamente neutraliza qualquer tentativa de crescimento. Um prejuízo sem igual para a cidade. Em outros municípios, esse tipo de comércio já foi proibido e isso deve acontecer também em Lafaiete. Já era tempo.

É vero
O Centro Universitário UNA e o Projeto Lafaiete 2037 trabalham, a sete chaves, numa proposta – leia reportagem na página 12 – que visa revitalizar e ordenar a praça da Rodoviária, no Centro. Entre as mudanças sugeridas, estão a transformação do imóvel destinado a um posto da PM em espaço multiuso, para exposições, ensaios fotográficos, etc, e a mudança dos quiosques do canteiro central da avenida, perto do terminal urbano, em área militar, com uma base da gloriosa Polícia Militar. A obra já tem, inclusive, orçamento: cerca de meio milhão de reais. Que joia!



Você está lendo o maior jornal do Alto Paraopeba e um dos maiores do interior de Minas!
Leia e Assine: (31)3763-5987 | (31)98272-3383


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 18/07/2019

Frei Tibúrcio


-


Comente esta Coluna