Colunas


Frei 1456/2018



Vale a pena
Escondido, na moita, bem na moita mes­mo, o simpático Paulinho Demolidor tem uma relíquia em mãos e que só agora vai abrir para os amantes de peças raras e saudosistas diversos. Ele pretende inaugurar um museu onde hoje funciona sua loja de peças antigas, no Gigante (região nordeste), veja reportagem so­bre o assunto na primeira página do caderno de Cultura.

Sucesso
Paulinho Demolidor é daqueles caras que não sossega enquanto seus projetos não caminharem. Seu objetivo, além do museu de quinquilharias e peças exóticas, é criar um café e um espaço de bate-papo para os amantes de peças raras. A ideia, segundo o nobre rapaz, é provocar nos visitantes uma verdadeira viagem ao tempo e ao pra­zeiroso retorno à infância.

Cruzes
Chega a ser irritante e, de fato, provoca todo tipo de sentimento ruim, o barulho ensurdecedor dessas motocas, cujos pilotos, retiram o  miolo do escapamento. Isso é proibido pe­­lo Código Brasileiro de Trânsito (CBT) e uma afronta aos ouvidos da população. Está se tornando uma tortura, trafegar e andar pelas ruas de Lafaiete. Alô, PMs? Vocês estão esperando o que para começar a atuar?

13º salário
A mesma fonte que afirmou que a bonificação natalina para os mais de 900 profissionais, que ficaram sem receber o cascalho no fim do ano, seria quitada no dia 15 de janeiro, voltou atrás, na quinta-feira, e disse que o prazo terá, por causa da falta de recursos, que ser prorrogado. A nova data vai de­pen­der do dinheiro que a PMCL espera ar­recadar até o dia 15. Faltam cerca de R$3,7 milhões para completar todo o di­nheiro da folha de dezembro e outros R$3,4 milhões do restante do 13º .

É ordem
A ordem na prefeitura é que todo o dinheiro que entrar no caixa seja destinado ao pagamento dos servidores e à bonificação natalina.


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 18/01/2019