Colunas


Carijós: leitor pede a volta das lixeiras na praça da Bandeira



 O lixo acumulado na praça da Bandeira, no Carijós (região sudoeste) voltou a ser alvo de reclamações. ?Durante as obras de construção do supermercado Azevedo, foram tiradas as lixeiras que ficavam na frente da obra. Com isso, os moradores não têm onde depositar o lixo. Aliando isso à péssima cultura de 5S [identificar problemas e gerar oportunidades para melhorias], olha o como está ficando, diariamente, uma das tradicionais praças da cidade! Pedimos ao Supermercado Azevedo que dê início às suas operações contribuindo com a comunidade retornando com as lixeiras, por favor?, solicita.

 

Supermecado Azevedo confirma a retirada da lixeira

Em resposta ao ofício enviado pelo Jornal CORREIO, o supermercado Azevedo informou que realmente tirou as lixeiras e pontuou os motivos: ?1 - Estavam em péssimo estado de conservação, enferrujadas e sujas. 2 - Eram usadas por diversas famílias e empresas existentes nas proximidades e isso gerava um enorme acúmulo de lixo em frente à praça. O lixo era depositado, com certa frequência, muito tempo antes da coleta causando mau cheiro no local. Muitas vezes ficavam lotadas e detritos espalhados pelo chão. 3 - Entendemos que cada residência e empresa deve ter sua própria lixeira e que os responsáveis cuidem para colocar o lixo para fora próximo ao horário de coleta pelo serviço público, colaborando assim para o bem-estar geral?.

A nota é assinada por Marcos R Azevedo.


Escrito por Daniela Costa, no dia 01/11/2018