Colunas


Frei 1444/2018



Barra pesada

A dívida do governo estadual com o município de Lafaiete subiu para R$ 29.724.885,96 milhões. São débitos do Fundo  Nacional da Educação Básica (Fundeb) , convênios, IPVA, entre outros impostos. Esta situação insustentável vem mutilando os cofres públicos e deixando apavorados prefeitos e população. Apesar da estrutura de cidade média, com todos os problemas pertinentes, nossa cidade tem receita de cidade pequena.

Que coisa

Com isso, o esforço para honrar os pagamentos e quitar a folha salarial de quase R$10 milhões de reais, é enorme. Faça chuva ou faça sol, a PMCL tem que ter a cada início de mês ? geralmente o pagamento saí no dia 2 ? essa grana para pagar seus servidores e honrar os compromissos essenciais.

Mart Minas

Repercutindo a matéria deste jornal, que foi publicada na semana passada, o alcaide Mário Furacão Marcus disse que vai lutar até o fim para que o Mart Minas construa uma trincheira ligando a rua Aimorés, na esquina da Gersino Silva, ao outro lado da BR 040. O objetivo é facilitar o acesso de quem pretende ir ao atacarejo e também atravessar a BR 040, com destino aos bairros Paulo VI, São Dimas e adjacências.

Trincheira

Mário considera ser este o momento ideal para reivindicar a trincheira, por isso pediu uma agenda, esta semana, com a direção do em­preendimento para tratar do assunto. En­quanto isso, a prefeitura já está alargando a rua que termina na BR para facilitar a construção da trincheira, conhecida também como ?tubulão?. Em Gagé tem uma construção parecida.

Animado

Aliás, o alcaide Mário Furacão celebrou muito as vitórias consagradoras de Glaycon Franco (PV) e de seu vice-prefeito Marco Antônio Reis Carvalho (PHS), que tiveram votação expressiva e foram majoritários em Lafaiete. Mário atribuiu o resultado ao grupo político que deu sustentação à sua candidatura a prefeito, que tem como líder o deputado Glaycon.


Escrito por Frei Tibúrcio, no dia 26/10/2018