Colunas


Centro: denunciante reclama da Ouvidoria Municipal



Segundo denuncia um morador do Centro, a Ouvidoria Municipal não estaria cumprindo sua função a contento: ?Essa Ouvidoria da prefeitura, de Ouvidoria não tem nada! Eles não ouvem o cidadão. É impossível manter contato com um setor que sequer atende ao telefone. Pelo site, podemos enviar um e-mail, mas esse procedimento, ao meu entender, faz com que a denúncia não seja mais anônima. E como ninguém quer se indispor com os próprios vizinhos, há casos que nunca serão denunciados.

É o que a gente observa com os lotes sujos. Quero ajudar a prefeitura a deixar a cidade mais bonita e a arrecadar mais recursos com as multas - pois o brasileiro só aprende quando mexem no bolso. Da forma como está, não dá para continuar. Vou insistir nes­ta questão até que a administração municipal resolva o problema da ?Ouvidoria que não ouve?. O trabalho da prefeitura começou a dar frutos. Por onde ando nesta cidade, vejo lotes que há muito tempo estavam sujos e hoje estão limpos, cercados e com passeios. Não vamos nos esquecer que lotes limpos significam menor risco de dengue e de proliferação de animais peçonhentos.

No setor de Meio Ambiente a situação não é diferente. Atender eles até atendem, mas não de uma forma satisfatória. Parece não haver interesse. Já pediram que eu comparecesse ao órgão para oficializar minhas denúncias e quando consigo convencer o atendente a registrar a ocorrência, não me dão um número de demanda ou protocolo. Como resolver isso, senhor Mário ?Furacão? Marcos, em quem depositei confiança, dan­do-lhe meu voto??, finaliza.

Ouvidoria rebate críticas e afirma ser atuante

 

A Ouvidoria Municipal, em resposta às críticas aventadas, tem a esclarecer que, o atendimento aos cidadãos é realizado diaria­mente na sede da Prefeitura Municipal, sendo certo que, além do atendimento pessoal, contamos com outros canais de comunicação, telefone e e-mail. Causa surpresa a afirmação de que o cidadão não tem conseguido contato com a Ouvidoria Municipal, já que diariamente são realizados diversos atendimentos, oportunidade em que podemos receber as manifestações e realizar esclarecimentos aos munícipes.

Imperioso destacar que as manifestações apresentadas à Ouvidoria Municipal têm tratamento sigiloso, ou seja, por qualquer canal que for realizada a manifestação, o munícipe terá resguardada a sua identidade. Acreditamos que o jargão de ?ouvidoria que não ouve? é impróprio e injusto, haja vista o grande número de pessoas que são atendidas e tem seus esclarecimentos e soluções apresentadas. Desde já nos colocamos à disposição do munícipe para que o mesmo seja atendido e que a sua manifestação seja levada a conhecimento dos responsáveis para adotarem as medidas per­tinentes.

Por fim, cabe asseverar que a Ouvidoria Municipal e o Departamento de Meio Ambiente já realizaram aproximadamente cerca de 500 notificações, atuando em 22 bairros de nossa cidade. As notificações não atendidas estão sendo convertidas em multas, sendo que até o presente momento foram aplicadas cerca de 50 multas.



Escrito por Denúncia, no dia 16/08/2018